Quarentena em casa: aproveite e saia da zona de conforto

Com o avanço do coronavírus no Brasil e no mundo, muitas medidas de segurança têm sido adotadas para evitar o contágio em massa e resguardar a população. Empresas fecharam suas portas e concederam o home office aos seus funcionários. Escolas e universidades tiveram suas aulas suspensas. Festas, shows e eventos em geral deixaram de acontecer e foram adiados. Resumindo, a instrução era para que as pessoas fizessem quarentena em casa e evitassem aglomerações. Com isso, surgiu uma nova preocupação: como lidar com o isolamento social?

na foto, mãos de uma pessoa segurando um livro e vários livros na cama. quarentena em casa

Ora, como seres sociais que somos, o contato com outras pessoas é de extrema importância no nosso desenvolvimento no dia a dia. E para não cair no marasmo da rotina, é preciso estar atento e cultivar hábitos que mantenham saudáveis nosso corpo e, principalmente, a nossa mente – mesmo sem sair de casa.

Por morar sozinha, essa situação toda me incomodou um pouco, pois já não tinha naturalmente contato com um grande número de pessoas, além das que trabalham comigo, e a minha família se encontra a mais de 1000 km de distância. Mas, sem pânico, um pensamento me veio à cabeça: por que não enxergar essa situação toda como uma oportunidade?

Esse é um período em que temos a chance de estarmos mais introspectivos, com tempo de sobra para refletirmos sobre, além da situação em que nos encontramos, quem somos e quem queremos ser daqui para frente. Uma possibilidade de revermos nossos pré-conceitos e ilusões já tão enraizados, e nos reinventarmos.

Aqui, temos o momento perfeito de nos presentearmos com a leitura daqueles livros que estão há meses ou anos na cabeceira da cama ou na estante. Assistir aquela sequência de vídeo-aulas sobre um tema que sempre quisemos estudar, mas adiamos. Ouvir a discografia completa do nosso cantor favorito. Acompanhar aquela série que os amigos indicaram como imperdível, mas deixamos passar.

Mas é muito mais do que isso.

Aqui, temos a oportunidade de descobrir coisas novas e traçar caminhos diferentes dos que o que constantemente procuramos seguir. Temos a chance de encontrar novos gostos e aptidões.

Você sabe, pegar sempre a mesma estrada, só nos leva a lugares que já conhecemos. É preciso, portanto, optar pelo diferente. E é isso que eu propus a mim mesma como desafio nesta quarentena e proponho agora a vocês.

Escolham caminhos diferentes!

Uma das frases que mais me marcaram na vida veio de uma professora da universidade do departamento de educação. Ela dizia que “só nos é permitido criticar alguma coisa, depois de termos destinado nosso tempo a estudar sobre aquilo”.

Isso me pareceu um comentário muito sensato, visto que muitas vezes nos colocamos a criticar e a dizer que não gostamos de algo sem sequer conhecer, ou então, o que é pior, por opiniões que nos chegaram através de terceiros e acabamos adotando como nossas.

Por isso, algumas dicas que nos caberiam para esse momento:

Ler livros sobre temas que desconhecemos

Como bem dito pelo filósofo brasileiro, Mario Sérgio Cortella, os livros não servem para matar o tempo, mas para vivificá-lo.

A leitura é um hábito que não só melhora o nosso vocabulário, escrita e desenvoltura, mas também nos possibilita o conhecimento de novos mundos, novas perspectivas e realidades.

É ótimo que você seja um leitor de clássicos como Cervantes, Machado de Assis, Saramago, Maquiavel e Jane Austen. Mas também pode aprender muitas coisas com os romances e best-sellers. E vice-versa.

Se você ainda não é um leitor voraz, esse pode ser o momento ideal para se tornar um. Costumo dizer que a pessoa que ainda não se apaixonou pela leitura, apenas não encontrou o seu tipo ideal de livros.

Então, aproveite para ler coisas diferentes e encontrar o seu!

Aqui, por exemplo, você pode ver dicas de livros de Yoga para entender e praticar.

Aventurar-nos em novos sons

É claro que todos nós temos o nosso estilo musical favorito. Mas por que não dar a chance a outros tipos de música? Essa pode ser a oportunidade para encontrar novos gostos e conhecer cantores incríveis não só brasileiros, mas do mundo todo.

Que tal desafiar-se a ouvir pelo menos um cantor diferente todos os dias? Aposte nas playlists aleatórias.

Aprender algo novo

kindle - quarentena em casa

Se somente a matemática ou a história fossem importantes para a nossa sociedade, nenhuma das outras ciências coexistiriam. Por isso mesmo, conheça outras formas de pensamento além da sua área de formação.

No Ensino Fundamental e Médio muitas pessoas se perguntam por que estudar ciências como química, física e biologia e olha só sobre quais cientistas têm se concentrado nossas atenções no combate ao Covid-19!

É óbvio que é de extrema importância que você seja um especialista na área que estuda ou trabalha, mas se abrir à novos conhecimentos não fará mal nenhum, certo?

Assistir coisas diferentes

O YouTube, Netflix, e todos os outros streamings e canais de televisão disponíveis possuem uma infinidade de opções para nos possibilitar momentos de entretenimento e reflexão.
É uma ótima oportunidade de conhecermos programas diferentes do que estamos acostumados, filmes dos mais variados gêneros, séries e muito mais.
Ao invés de rever os episódios da sua série favorita pela milésima vez, que tal arriscar algo novo?

Topa o desafio?

Cuidar da nossa saúde mental nesses tempos de crise é muito importante, sempre respeitando as recomendações dos órgãos competentes.

Que possamos usar este momento com sabedoria, com coisas que nos edifiquem e nos tornem pessoas melhores do que éramos antes de tudo isso acontecer.

Se pudermos utilizar esse período para investir em novos aprendizados, saindo da nossa zona de conforto, poderemos crescer como seres humanos mesmo em meio à pandemia.

O meu compromisso nessa quarentena é me abrir para as novidades. E o seu, qual será?

Gabriela Carvalho

No meu diploma universitário nomearam-me "Química". Nunca me senti uma. Enquanto passageira nessa vida, tornei-me uma viajante sem destino certo e poetisa nas horas vagas, com o objetivo de contagiar as pessoas a minha volta com o amor pela leitura, música e cultura popular brasileira.

Inscreva-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *