Delicadeza oriental na quarentena: conheça o trabalho das irmãs que fazem cadernos personalizados

Esse texto começa com um relato em primeira pessoa. Essa coisa de gostar de contar histórias é assim: a gente vê algo lindo (pode ser um produto, um livro, uma música, uma arte) e pensa: quem será que fez isso? Por que essa pessoa fez/ faz isso? Como nasceu esse dom? Quero saber e quero contar!

cadernos artesanais
foto: @cadernos.jr

Foi assim quando vi uma ilustração linda em uma capa parda de um caderno artesanal, e soube por um amigo que eram cadernos feitos à mão por duas irmãs chinesas que moram em Santa Maria. Aí fui apresentada ao perfil do Instagram do @Cadernos.jr.

Isa Zhang Li , 21 anos, e  Yasmin  Zhang Li, 16, vieram da China para o Brasil em 2014 e moram em Santa Maria há pouco mais de um ano.

Com um sotaque ainda bem marcado (e enfatizando que não fala bem português, mas ela fala, sim), a Isa me contou  como surgiram esses lindos cadernos que elas vendem e personalizam com a cara de cada cliente.

Assim como muita coisa que começou nesses últimos meses de 2020,  a quarentena provocada pelo novo Coronavírus despertou nas duas uma vontade de fazer algo a mais do que ficar em casa esperando tudo isso passar.

–  Estávamos bem desanimadas por causa da pandemia e resolvemos a aprender a fazer algo novo.  Escolhemos fazer os cadernos porque não encontrávamos cadernos que queríamos no mercado, com preço razoável e gramatura boa para desenharmos. Procuramos na internet tutoriais e começamos a fazer  – conta a irmã mais velha.

Justamente por não encontrarem um produto parecido por aqui, as irmãs resolveram produzir e entregar cadernos totalmente personalizáveis – desenhados e costurados cuidadosamente à mão. 

Desde a capa, que é feita com traços particulares de acordo com a escolha de cada cliente,  até o tipo de folhas que está na parte interna do caderno.

– Podemos personalizar com o tipo de folha que a pessoa quer. É possível escolher o tipo de folhas, branca, com linhas, pontilhadas ou quadriculadas, ou até misto. 

Todas as tarefas que envolvem a produção e a venda dos cadernos artesanais são divididas entre as duas irmãs. Desde a comunicação com os clientes na página do Instagram, até os desenhos das capas e a costura e montagem dos cadernos. Isa é responsável pela maior parte dos desenhos.

Leia também: ‘Quarentena em um hostel argentino’: uma experiência documentada em vídeo

E essa aventura cheia de traços lindos deu tão certo que as meninas estão vendendo os cadernos até para outros Estados do Brasil.

Elas já fizeram cadernos para entrega até em Maceió e cidades da região norte do país, e aceitam encomendas de todas as regiões.

Um pouco da história que veio do outro lado do mundo

Isa e Yasmin vieram de Zhuhai, cidade chinesa que faz fronteira com Macau e fica pertinho de Hong Kong.

Elas chegaram no Brasil há seis anos. Moraram em Curitiba, em Foz do Iguaçu, e há um ano e meio, estão em Santa Maria, depois que Isa entrou na universidade para o curso de odontologia da UFSM.

Das barreiras culturais, a língua e alguns costumes foram as maiores dificuldades.

– Além da língua nós também sofremos um choque cultural. O estilo de vida é diferente, na China as regras são mais rígidas. Na escola, por exemplo, as meninas não podem usar acessórios e nem pintar as unhas ou cabelos. Só é permitido quando estiver na faculdade. Quando cheguei no Brasil e vi as meninas com os cabelos e unhas pintadas pensei: que maravilhoso!

Por outro lado, a estudante percebeu que, se na China as regras nas escolas são muito rígidas, no Brasil, é tudo livre demais.

– Vejo que as duas culturas e estilos de vida são dois extremos. Penso que o ideal seria se pudesse haver um intermédio entre os dois – comenta.

Quer encomendar o teu caderno artesanal personalizado?

Só nesses meses da quarentena, as meninas já  produziram artesanalmente quase 70 cadernos.

Os cadernos são feitos em dois tamanhos: A5, com valores que partem de R$ 30,  e A6, a partir de R$ 24. Há acréscimos de valor dependendo do tipo do desenho e se ele será colorido ou preto e branco. 

Caso você  queira o seu, é só entrar em contato com elas pela página no Instagram.

E é claro que eu não ia deixar passar a oportunidade de mostrar o meu caderno, que as meninas fizeram e ganhei de presente dos lindos Alisson e Rafinha, e não podia ser mais a minha cara 🙂

cadernos artesanais personalizados. @cadernos.jr

Ah! Você sabe de alguma ideia ou projeto incrível que surgiu em função da pandemia? Se sim, me escreve nos comentários que podemos contar por aqui 🙂

Liciane Brun

Jornalista em aprendizado constante e com a alma mesclada entre o amor pela cultura e tudo o mais que trouxer leveza. Encontrou na escrita um pouco de paz. Permite-se a clichês: amar e mudar as coisas interessa mais.

Inscreva-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *