Conheça ‘Imersão’, novo projeto literário de Thedy Corrêa

A vida imersa em arte do músico Thedy Corrêa não se limita aos palcos. Vocalista da Nenhum de Nós, banda que está há mais de 30 anos na estrada, Thedy se envolve também em produções literárias há pelo menos uma década. Depois de lançar Bruto, Livro de Astro-Ajuda e Noite Ilustrada’ o músico e escritor agora trabalha na campanha de divulgação do seu mais recente trabalho literário.

‘Imersão’ é o primeiro romance de Thedy e a primeira obra que o músico participa a quatro mãos, em parceria com o artista plástico Renato Guedes.

Justamente da união da literatura com as artes plásticas nasceu Imersão. As histórias do livro foram inspiradas nas pinturas de Renato Guedes, que inclusive já ganharam uma exposição com o mesmo nome. Para Thedy, esse é um dos mais diferentes trabalhos nos quais se envolveu:

– É um projeto criativo, feito a quatro mãos. O Renato é um artista plástico genial, um cara com quem eu já tinha uma relação de amizade. Conversando comigo, ele comentou que queria fazer algo diferente, um livro que não falasse só sobre as técnicas do pincel, da tinta… E aí falei pra ele: ‘vamos fazer uma coisa maluca? Um livro com histórias inspiradas nas pinturas?’ Ele topou na hora e começamos a desenvolver o projeto – conta Thedy.

A história do livro se passa ao redor de um enigmático lago, e envolve mortes misteriosas e personagens separados por décadas.
– Tudo acontece em um lago, por isso o nome, Imersão. Criamos notícias e factoides relacionados ao lago e aos personagens, dentro de uma comunidade, envolvendo jornais locais. Eu discutia com Renato as ideias e ele mandava o que achava de cada história. Assim fomos construindo, juntos, o romance – detalha o músico.

Para tirar o projeto do papel, um financiamento coletivo via  Catarse   foi a escolha dos autores em conjunto com a editora do livro, Belas Letras, para que o lançamento também se tornasse uma maneira de envolver e mobilizar os fãs e leitores.

– O Catarse tem disso: são 60 dias em que ficamos falando sobre o livro, mobilizando as pessoas. Não é só um financiamento coletivo. A pessoa se sente parte, acompanha. Esse que é o espírito. O financiamento em si poderíamos bancar, mas a ideia é essa: criar uma mobilização e uma relação com os leitores, fazer com que eles se comprometam com a obra. E entre as recompensas estamos propondo estreitar ainda mais os laços com os nossos fãs, como por exemplo, oferecer uma consultoria online, na qual vou bater papo com os fãs, falar sobre processo criativo, música e mercado – conta Thedy Corrêa.

Para participar do financiamento, é só acessar o site onde a campanha está hospedada, neste link , e escolher suas recompensas.

A meta da campanha é atingir pouco mais de R$ 28 mil, valor que cobre os custos de produção editorial do livro, impressão, lucros, direitos autorais, recompensas e envio dos livros aos apoiadores. O projeto aceita apoios até o dia 2 de agosto.

Liciane Brun

Jornalista em aprendizado constante e com a alma mesclada entre o amor pela cultura e tudo o mais que trouxer leveza. Encontrou na escrita um pouco de paz. Permite-se a clichês: amar e mudar as coisas interessa mais.

 

Inscreva-se

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *